Notícias e Dicas

Por que o Franchising se tornou o modelo de negócio preferido dos novos empreendedores?

Publicado por
na Categoria Notícias
franchising

A partir do momento que o franchising apareceu no Brasil, o interesse dos empreendedores tem aumentado por esse modelo de negócio.

Com o aumento da globalização e, consequentemente, da velocidade da transferência de informações, os empreendedores estão mais informados sobre os mais diversos modelos de negócio.

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) afirma que em 2015 o setor teve um faturamento de aproximadamente R$140 bilhões, e terminou o ano com 3.073 unidades franqueadoras e quase 140.000 redes franqueadas.

Em 2014,o número de unidades franqueadoras foi de 2.943, assim, de forma paralela com 2015, aumentou em 4,5%.

Sobre o faturamento, o segmento que teve a maior participação em 2015 com 21% foi o setor de negócios, serviços e outros varejos, vindo na frente do setor alimentício, que ficou com 20%.

No ano de 2014, o número de unidades franqueadas correspondeu a 125.642 unidades com uma taxa de mortalidade de 3,7%.

Em relação às microfranquias, dados de 2014 apontam que 432 redes aderiram ao modelo.

Os dados apresentados acima mostram, num primeiro momento, que o segmento de franchising cresce ano após ano e o formato de microfranquias aparece como uma opção de negócio a potenciais empreendedores ao comparar com as franquias convencionais, principalmente num momento de crise econômica como o atual.

De grosso modo, todos os modelos de negócio oferecem vantagens e desvantagens aos empreendedores.

Falando de franchising, podemos resumir algumas vantagens como por exemplo:

  • Assistência e suporte do franqueador – Vendas, Jurídico, Marketing, Financeira, etc.
  • Marca já estabelecida e reconhecida no mercado
  • Acesso a tecnologias
  • Transferência de know how
  • Entre outras coisas

Quanto às desvantagens, podemos apontar:

  • Taxas periódicas a serem pagas ao franqueador (royalties e publicidade)
  • Conflito de interesses (o sistema de franchising é rígido e não permite inovações espontâneas para criação de produtos ou escolha de fornecedores, por exemplo)

Veja mais vantagens e desvantagens no vídeo abaixo:

O que esperar o Franchising:

Embora haja desvantagens, o franchising é um sistema ainda muito promissor aos empreendedores, tendo em vista que empreendimento em geral possuem um alto índice de mortalidade quando comparados com as franquias.

De forma complementar, o retorno sobre o investimento (ROI), o branding e o suporte do franqueado são pontos relevantes para investir em franquias.

Apesar do crescente aumento de popularidade desse modelo de negócio, grande parte dos empreendedores em geral desconhecem os procedimentos jurídicos para a abertura de uma franquia.

Por isso foi criada a Lei de Franchising nº 8955/94, também chamada de Lei Magalhães Teixeira, com o intuito de fornecer ao franqueado o acesso sobre todas as informações de como funciona o sistema de franchising;

Para que o negócio seja concretizado, o franqueador deve disponibilizar ao franqueado a Circular de Oferta de Franquia.

Neste contrato devem conter, de forma clara, os dados do franqueador, os investimentos necessários para a montagem do negócio, o número de redes franqueadas, as taxas recorrentes, entre outras informações.

Tendo em vista o apresentado, antes de escolher um modelo de microfranquias ou franquias baratas de sucesso para investir, o empreendedor deverá fazer sua lição de casa – estudar qual o tipo de segmento que mais se encaixa no seu perfil (digital, saúde, alimentação, comunicação, etc), se haverão outras sócios, qual o valor máximo que poderá investir, entre outras coisas.

Texto publicado originalmente no site do Gurdypedia

Publicações recomendadas

Deixe um Comentário

Promoção Combo Especial Prima Clean Lavanderia Express